Conteúdo

Inconfidentes perde mais uma na justiça contra o Sintec MG


Inconfidentes perdem mais uma na justiça contra o SINTEC-MG.
Sintec-MG vence, vence e vence mais uma.

O Superior Tribunal de Justiça negou provimento ao agravo de instrumento impetrado pelo Sindicato dos Inconfidentes, tentando anular a última decisão do Exmo. Ministro daquele Superior Tribunal o digno. Sr. Teori Albino Zavascki, que julgou improcedente a tentativa do inconfidente de retirar o SINTEC-MG das negociações com a vale.
Desta vez a ação foi julgada na coordenadoria da terceira seção do STJ em 18/12/2007 e publicada em 11/02/2008; e esta foi a sentença.

Vistos e relatados os autos em que são partes as acima indicadas (SINEC-MG e Inconfidentes), decide a egrégia primeira turma do Superior Tribunal de Justiça, por unanimidade, negar provimento ao agravo regimental nos termos do voto do Sr. Ministro relator.
Os senhores ministros Denise arruda, José delgado e Luiz fux, votaram com o Sr. Ministro relator.

Brasília, 18 de dezembro de 2007. 

Comentário: até quando estes "sindicalistas" que se dizem representantes de todos os trabalhadores vão continuar tentando prejudicar ao extremo a digna e honrosa categoria dos técnicos industriais?

Dizemos isto com toda certeza, porque caso eles consigam seus objetivos todos os técnicos da vale ficarão extremamente prejudicados e vamos dizer por quê:

- o que estes senhores conhecem de nossa legislação?

- o que eles sabem da lei 5.524/68 e do decreto 90.922/85?

- o que eles sabem de nossa luta em defesa de todos os direitos dos técnicos?

- o que eles conhecem do sistema CONFEA/CREA?

- o que eles sabem de nossa estrutura organizacional?

- o que eles sabem de nossa luta pelo conselho próprio e pelo salário mínimo profissional?

Estes são apenas pequenos exemplos de prejuízos certos dos técnicos, se estes senhores atingirem seus objetivos. Eles sabem que não têm nenhuma condição de representar os técnicos, mas insistem por capricho e por saberem que não vamos nos curvar aos mandos e desmandos daqueles que realmente decidem as coisas no grupo a que eles pertencem. Sofrem derrotas fragorosas consecutivas e vergonhosas, mas não desistem.
Tenham eles certeza que enquanto existirmos estaremos lutando em favor de todos os técnicos industriais.


Nilson Rocha
Presidente